Skip to content

Ministério Público diz que novas diligências vão apurar suposta fraude na cobrança de imposto

17 de abril de 2017

O caso sobre uma suposta fraude em um documento de arrecadação relativa ao Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN), junto ao Departamento de Tributação da Prefeitura de Sorriso, no ano passado, tem ganhado novos desdobramentos.

A investigação envolve a ex-assessora parlamentar do vereador Marlon Zanella (PMDB), Ana Paula Wandscheer, que foi exonerada do cargo. Ela também indicou o nome de supostas pessoas envolvidas, as quais, segundo o MPE, estão sendo ouvidas.

De acordo com a promotora Fernanda Pawelec Vieira, novas diligências para apurar o caso já foram determinadas.

“O Ministério Público já ouviu algumas pessoas que foram indicadas por ela. A Câmara pediu cópia desse procedimento e tem interesse porque os vereadores são quem fiscalizam. É importante dizer que o desvio teria sido dentro da Prefeitura. E o próprio município também solicitou. Haverá troca de provas com o município porque eles também têm o interesse de apurar”.

O inquérito civil, instaurado pelo MPE, segue em andamento e sob sigilo. “Isso ocorre justificadamente porque há dados de contas bancárias que ficam expostos os nome de vários servidores e não porque a população não deve saber se algum servidor desviou dinheiro público”, explicou.

De acordo com a promotora, foi a ex-servidora Ana Paula quem procurou o MPE no ano passado. “Foi ela quem veio aqui e prestou declarações e trouxe diversos documentos, inclusive o boletim de ocorrência, os extratos da conta dela e conversas de WhatsApp”.

Caso seja constatada a prática de improbidade administrativa, serão rastreados valores referentes ao desvio, bem como bloqueio de bens das pessoas envolvidas no desvio.

O montante supostamente desviado ainda não foi informado, pois os valores ainda estão sendo levantados na investigação. “A gente não fez ainda um levantamento [completo] porque a gente não sabe como isso aconteceu até agora. Nós não temos dados ainda. A gente só ouviu algumas pessoas, mas nada esclarecedor até agora”, comentou Fernanda.

Fonte: http://soinformacao.com.br/noticias-2/sorriso-ministerio-publico-diz-que-novas-diligencias-vao-apurar-suposta-fraude-na-cobranca-de-imposto.html

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: