Pular para o conteúdo

Crescimento do volume de serviços na Bahia aquece a economia

22 de setembro de 2021

O volume de serviços na Bahia avançou 28,7% em julho, em relação ao mesmo mês do ano anterior. No acumulado dos sete primeiros meses do ano o volume cresceu 9,5%, comparando ao mesmo período em 2020. “Com satisfação constatamos esse aquecimento no volume de serviço. Os serviços prestados às famílias se destacaram novamente junto às atividades de transportes e Correio, mas o mais importante é o governo do estado tem conduzido com muita lucidez as ações de combate à pandemia, e ainda que longe do ideal, estamos voltando crescer”, avalia o vice-governador João Leão, secretário do planejamento.

“É importante ressaltar que avançamos 9,5%, no acumulado dos sete primeiros meses, em relação ao mesmo período do ano passado. Buscamos constantes diálogos com diversos setores da nossa economia para impulsionar a retomada do crescimento” ressalta Nelson Leal, secretário de Desenvolvimento Econômico.

Quatro das cinco as atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para às atividades de Serviços prestados às famílias (381,3%), que contabilizou a quarta variação positiva consecutiva mais expressiva e maior alta da série iniciada em 2012. Seguida pela atividade de Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (35,3%), que também, registrou variação positiva significativa, sendo a quarta maior alta da série iniciada em 2012, e a quinta variação positiva consecutiva para esse ano. A atividade de Serviços profissionais, administrativos e complementares (7,0%) apontou a quinta taxa positiva consecutiva neste ano. Serviços de informação e comunicação (5,4%) apresentou a quarta taxa positiva consecutiva neste ano. Apenas, a atividade de Outros serviços (-42,3%) influenciou negativamente no resultado.

O volume avançou 9,5%, no acumulado dos sete primeiros meses, em relação ao mesmo período do ano anterior. Nesta análise, quatro das cinco atividades puxaram o volume de serviços para cima, com destaque para às atividades de Serviços prestados às famílias (29,1%), que apontou a mais expressiva variação positiva, seguida por Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (15,9%), depois Serviços profissionais, administrativos e complementares (2,0%) e Outros serviços (0,6%). Apenas, a atividade de Serviços de informação e comunicação (-0,4%) puxou o indicador para baixo.

A Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e sistematizada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Seplan.

Fonte: Ascom/Seplan

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: