Pular para o conteúdo

Mais pobres se endividam para comprar comida e pagar contas básicas, como suportar um IPTU tão alto em Salvador?

28 de novembro de 2022

Comprar comida e pagar as contas do dia a dia estão entre as principais razões para a população das classes C, D e E tomar empréstimos ao longo dos últimos meses no país, segundo estudo conduzido pelo instituto de pesquisas Plano CDE.

Questionados sobre por que tomaram ou tomariam um empréstimo, entre 45% e 50% dos respondentes das classes C, D e E indicaram que a alimentação e as contas do mês foram ou seriam a principal finalidade. Esse percentual cai para 30% entre as classes A e B.

Considerando todas as classes, 42% afirmam ter alguma dívida em atraso, diz a pesquisa.

Salta aos olhos essa questão da necessidade dos empréstimos para comprar comida, indicando a situação grave que uma série de famílias enfrenta atualmente”, afirma Maurício Prado, diretor do Plano CDE.

Nesse cenário, acrescenta, é preciso ainda mais atenção com a concessão do empréstimo consignado para os benefícios do Auxílio Brasil, que, em muitos casos, estão contraindo dívidas com juros elevados para a subsistência. “O consignado do Auxílio Brasil só vai fazer com que as famílias se enrolem ainda mais.”

Pagamento de outras dívidas e montar ou investir no próprio negócio também aparecem entre os principais motivos que justificaram a tomada de empréstimos.

Num momento do país em que os preços não param de subir, o poder público municipal não deve tripudiar do cidadão contribuinte, imputando-lhe uma tributação pesada, a exemplo do IPTU de Salvador que já vem tendo há dez anos uma enorme inadimplência e aqueles que conseguem honrar o tributo, deixam de comer.

A audiência pública realizada pela Câmara Municipal de Salvador na última sexta-feira, 25/11, veio demonstrar os enormes equívocos, incongruências e inconsistências no lançamento do imposto, motivo pelo qual o Vereador Edvaldo Brito propõe emendas ao projeto de lei enviado pelo Poder Executivo para abrandar o valor do IPTU, que é proporcionalmente um dos maiores do Brasil.

Fontes: Folha de São Paulo e Conexão In

Publicidade

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: