Skip to content

‘Impeachment da Dilma nasce morto’, diz Bresser-Pereira

5 de dezembro de 2015

Ministro da Fazenda de José Sarney e de Ciência e Tecnologia durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, o economista, cientista político e advogado Luis Carlos Bresser-Pereira disse, nesta quinta-feira (3), em entrevista ao “Estado de S.Paulo” que a presidente Dilma “é uma mulher de alta dignidade” e que o processo de impeachment, cuja abertura foi autorizada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), “não tem base jurídica razoável”.

“Primeiro, em relação ao impeachment, eu acho que ele nasce morto. Já sabíamos que ele não tinha base jurídica razoável. A presidente tem muitos defeitos e dificuldades, mas não cometeu crime nenhum. É uma mulher de alta dignidade. Esse pedido de impeachment nasce de uma chantagem feita pelo Eduardo Cunha e, portanto, é moralmente muito prejudicado. Segundo, eu nunca acreditei que o impeachment viesse a acontecer”, observou Bresser-Pereira

Ministro da Fazenda de José Sarney e de Ciência e Tecnologia durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, o economista, cientista político e advogado Luis Carlos Bresser-Pereira disse, nesta quinta-feira (3), em entrevista ao “Estado de S.Paulo” que a presidente Dilma “é uma mulher de alta dignidade” e que o processo de impeachment, cuja abertura foi autorizada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), “não tem base jurídica razoável”.

“Primeiro, em relação ao impeachment, eu acho que ele nasce morto. Já sabíamos que ele não tinha base jurídica razoável. A presidente tem muitos defeitos e dificuldades, mas não cometeu crime nenhum. É uma mulher de alta dignidade. Esse pedido de impeachment nasce de uma chantagem feita pelo Eduardo Cunha e, portanto, é moralmente muito prejudicado. Segundo, eu nunca acreditei que o impeachment viesse a acontecer”, observou Bresser-Pereira.

Bresser-Pereira: crise foi agravada pela irresponsabilidade da oposição que propôs impeachment
Bresser-Pereira: crise foi agravada pela irresponsabilidade da oposição que propôs impeachment

Segundo o ex-ministro, a causa do agravamento da crise está diretamente relacionada à “maneira irresponsável” da oposição em lidar com a situação propondo impeachment. Bresser diz acreditar, contudo, que Dilma vai superar o momento atual para voltar a governar.

“A crise foi agravada quando, diante da baixa popularidade da presidente, algumas pessoas e a oposição – a meu ver, de maneira irresponsável – resolveram discutir a ideia do impeachment. Agora a coisa está iniciada. Acredito que vai terminar bem para a Dilma e ela vai poder governar mais tranquilamente. Está muito difícil governar o Brasil porque estamos numa recessão muito grave e profunda”, afirmou Bresser.

(Fonte: Jornal do Brasil)

From → Notícias

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: